Conteúdo Principal

Carioca, graduada há quase 30 anos em Belas Artes pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, Sonnia Guerra percorreu longo caminho no mundo das artes e atravessou correntes de várias épocas. Do Rio para Brasília e da Capital Federal para o Mundo, a artista já levou sua arte para os Estados Unidos, a Europa e Américas do Sul e Central. Em todos os momentos de sua vida artística, no entanto, prevaleceu sempre sua inequívoca busca de uma técnica cada vez melhor e de uma tonalidade mais aprimorada. Como ela própria disse certa feita: “Sou atravessada por tempos de pesquisa, até que a arte pura me conduza à simplificação dos processamentos, seja da cor ou do traço, nascendo daí o que me leva a definir minha obra, hoje, como uma abstração simplificada”.
O resultado de anos de dedicação e pesquisa de desenho e composição atinge o apogeu em sua atual fase na qual mostra o refinamento de uma obra aperfeiçoada por essa árdua e incessante procura, por seus experimentos com processo, tom e forma, resultando em uma concreta evolução pictórica. Dotada de extremo rigor formal e técnico, Sonnia aposta na síntese para transmitir ao espectador a riqueza e a variedade de sua construção em ambiente cromático que ressoa e faz vibrar as retinas.
Alma, dom e tons são elementos que se mesclam e combinam de tal modo, que possibilita a existência de um trabalho pictórico peculiar e genuíno. De seu descompromisso com uma temática específica emerge a fusão do abstrato com o figurativo, tornando perceptíveis a unidade e ordenação plástica que, com personalidade, desnudam a carga expressiva disseminada no conjunto de suas telas
Embora atenta às transformações do mundo moderno, seus trabalhos parecem dialogar com o mundo de modo poético. A sutileza de suas telas leva-nos à reflexão: ao transformar cores e superpor e espelhar formas e traços, Sonnia surpreende-nos com ressonâncias míticas e magnéticas, renovando nosso entendimento do objeto de arte e fazendo-nos lembrar que criatividade, como disse OSHO, significa amar qualquer coisa que se faça, tendo prazer de realizá-la, celebrando-a como um presente de Deus.
Assim se inspira Sonnia Guerra.
Assim frutifica sua obra.

Flavita Obino Boeckel - Presidente da ACAV